Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

#Compartilhe

Conquistar uma boa posição nos motores de busca, um espaço dentro do seu nicho de mercado, conseguir um número considerável de visitas mensais, pode ser um pouco complicado sem as técnicas de otimização necessárias.

Imagine você ter um website com um layout bom e postagens de alta qualidade e mesmo assim não obter o resultado esperado, não diria que isso é um erro mas sim falta de informações ou experiência.

Muitos dos mestres de SEO usam técnicas simples, que poucos blogueiros conhecem, mas mesmo que você conheça alguma dessas técnicas será que você está aplicando corretamente? Criar um blog é fácil o difícil é alcançar o tão desejado sucesso.

Nicho de mercado: Escolha o ramos em que seu blog vai seguir

Mais uma vez estamos falando sobre nicho de mercado, qual a função dele, porque ele é tão importante? O nicho de mercado é como se fosse uma segunda identidade para sua empresa depois da logomarca, vamos dizer que o seu negócio na internet fala sobre automóveis, bom isso é uma identificação uma categoria de negócio, por isso quanto mais você focar no seu ramos maiores serão suas vantagens, não convém é não faz sentido uma empresa de automóveis que vende roupas, já imaginou a confusão que iria ficar para os seus clientes.

O negócio é focar em um determinado assunto, e com isso conquistar clientes leitores que gostam realmente deste tipo de conteúdo. O Google AdWords é uma das grandes ferramentas que os mestres de SEO usam para identificar um nicho de mercado relevantes, e o Google Trends calcula estimativas de o quanto e até quando este nicho vai ser relevante. Não vamos nos aprofundar muito sobre AdWords e Trends, em breve falaremos deles abaixo.

Meta Tags: Categorias e descrição do website

Quando você escolher um nicho de mercado é importante que você adicione descrições e palavras-chave de rastreamento geral, para que os buscadores entenda melhor quais os tipos de assuntos tem dentro do seu website.

Lembrando, não adianta tentar enganar os buscadores ou seus clientes leitores, se você fala sobre automóveis a descrição e palavras-chave tem que ser relacionadas ao nicho de mercado. Isso traz mais relevância para os resultados de pesquisa, indica um site profissional com conteúdos de qualidade.

Heading tags: Tags de cabeçalho

As heading tags podem ser usada em qualquer plataforma blog, elas são tags de marcação universais que os buscadores usam para rastrear títulos e subtítulos de um conteúdo, fazer essas marcações melhora o rank da página e o rastreamento do conteúdo, inclusive já falamos aqui como você pode usar as tags de cabeçalho no Blogger.

Exemplo de tags heading
Exemplo de tags heading. (Imagem: Inside Block)

Existem seis tags de cabeçalhos H1, H2, H3, H4, H5 e H6, quanto menor a tag H1 mais importante ela vai ser para os buscadores, e quanto maior H6 menos importante, sei que isso não faz sentido mas na prática é como elas realmente funcionam, se você usar as marcações corretamente seu blog pode estar a um passo do sucesso.

Dados estruturais: Marcações HTML de rastreamento de página e conteúdo

Os dados estruturais e a peça chave de um quebra cabeça, fazer corretamente as marcações HTML pode colocar o seu site no topo dos mecanismos de pesquisa, essas marcações de dados estruturais é um pouco diferente das heading tags, mas tem praticamente a mesma função só que mais eficiente. Veja o exemplo.

<h2 class="post-title entry-title" itemprop="name"> Título do conteúdo </h2>

Este código tem três marcações de dados estruturais, a primeira é a “H2” heading tag, a segunda e a class “entre-title”, e por último a marcação “itemprop”.

A tag “H2” são tags de cabeçalhos, com certeza você já sabe disso afinal acabamos de falar sobre ela acima.

A class “entre-title” afirma que dentro desse código HTML vai ter um título apesar que a tag H2 já está fazendo.

A propriedade “itemprop” carrega o valor “name” que indica um nome ou título, porém como se trata de um título este valor pode ser alterado para “headline”, que afirma ainda mas que realmente este código está carregando um título.

Dentro de um código HTML de título de uma postagens por exemplo: É importante que ele esteja acompanhado por esses dados estruturais. Para saber mais sobre as marcações com “class e itemprop” acesse microformats.org e schema.org.

Os links buildings é um tipo de parceria na internet, vamos construir um cenário. Nós dois cada um tem um website certo, ambos com conteúdos de alta qualidade.

Digamos que eu tenha um artigo, mas que neste artigo faço uma referência de uma solução extra que não tenho publicado no meu site, mas que no seu tem esta publicação. O que eu vou fazer? Vou indicar o seu artigo para os meus clientes leitores e garantir que eles encontrem todas as soluções possíveis em um único resultado.

Mas o que realmente isso faz? Bom, quando eu indico um link do meu site para outro, este link tem um nome específico, chamado link orgânico, adivinha, Google e outros mecanismos de pesquisa preferem este tipo de link, eu não vou receber o crédito por isso mas o seu site sim.

Mas espera aí porque eu faria isso? Fazer isso é forma mais simples de conseguir parceria, uma parceria é origina de forma espontânea e não quando eu chamo alguém para ser meu parceiro, quando eu chego para alguém e digo - Ei cara quer ser meu parceiro? Não considero isso como parceria e sim como patrocínio, pelo simples fato de combinar algo com alguém e ambas estão de alguma forma ganhado alguma coisa. Da mesma forma que indique um artigo que não tenho, você também pode indicar, sem correr o risco de perder seu clientes leitores.

Texto alternativo para rastreamento de imagens

As imagens têm um papel muito importante dentro dos artigos, ela pode passar uma mensagem sobre o assunto que você publicou, dependendo do layout do site os clientes leitores vêem primeiro a imagem, seguido do título e por último o conteúdo, uma imagem bem apresentável garante ainda mais que o seus artigos serão lidos.

Não sei se você sabe mas o mecanismo de pesquisa não saber ler imagens ainda, o como ele vai fazer para identificar essas imagem. Bom, você terá que ajudar eles, quando criamos um novo artigo ou página é muito comum que plataformas construtoras de website têm duas opções de título para imagem.

Primeira geralmente se chama “título da imagem” - essa opção tem a função de mostrar o título quando passarmos o mouse sobre a imagem, ajuda os buscadores a entender melhor o que tem naquela imagem, qual a mensagem que ela está passando.

A segunda opção “texto alternativo” ou “título alternativo” (por favor esta é a mais importante) - tem a mesma função do título da imagem, só que mais eficiente, além de melhorar o rastreamento para os mecanismos de pesquisa, ela também ajudar as pessoas que têm deficiência visual, não vou dar muitos detalhes mas os deficientes visuais também acessam a internet, e para acessar eles usam um aplicativo que auxilia fazendo a leitura da página, se a imagem não tiver a opção de texto alternativo ele nunca vai saber a mensagem que aquela imagem quer passar pra ele.

Dica: Isso ainda ainda não é regras, mas acredito que em breve os mecanismos de pesquisa comecem a cobrar dos blogueiros acessibilidade para deficientes visuais e outros, assim como site que tem modelo responsivo já é regra para dispositivos móveis.

Adicionar categorias ou marcadores é o início para deixar seus clientes leitor por mais tempo dentro do seu site, além dela sugerir novos artigos para seus leitores ela também enviar mais links para os mecanismos de pesquisa, os mecanismos reúne todos os conteúdos relaciona aquela categoria e entrega para os usuários.

Você pode usar as ferramentas Google AdWords e Google Trends para encontrar categorias e palavras-chave relevante sobre o assunto que você acabou de publicar.

Ferramentas webmaster: Rastreamento de páginas

As ferramentas webmaster podem ser usadas para fazer rastreamento de páginas através dos dados estruturais do site, o Google Webmaster e o Bing Webmaster ambos pode ser forçado à verificação e indexar todas as páginas enviando sitemaps para o mecanismo de pesquisa.

Google Webmasters e Bing Webmasters
Google Webmasters e Bing Webmasters. (Imagem: Inside Block)

O Google Webmaster oferece um ferramenta muito importante o “destaque de páginas”, com esta ferramenta é necessário que você faça as marcações do artigo manualmente, e necessários destacar o título, data e hora, categorias e uma imagem. Após fazer os destaques o Google vai aplicar essa regra para todas as outras páginas, caso o site tenha páginas diferentes você pode criar um novo destaque de página.

Google AdWords: Planejamento de palavras-chave

Fazer um planejamento de palavras-chave para o seu site ou artigo é realmente necessários, como falamos antes o Google AdWords pode te ajudar nisso, ele é uma ferramenta completa que entrega relatórios precisos, com os números de pesquisas mensais e o valor pago por cada palavra.

Esta ferramenta sempre tem pontos positivos, digamos que ela nunca falha. O planejador de palavras-chave tem a função de encontrar novas palavras-chave e ver dados de volume de pesquisas. Primeiro você vai procurar novas palavras-chave usando uma frase, um website ou uma categoria, selecionar as palavras-chave que tiver mais relevância ou que mais te agradar. Segundo exibir tendências e dados de volume de pesquisas, das palavras que você acabou de selecionar com os melhores resultados, comparar cada uma delas e fazer novamente um filtro sobre as palavras mais relevante, só assim podemos garantir seu site terá os resultados esperados

Lembrado - Jamais escolha palavras-chave que não se encaixe dentro do seu nicho de mercado ou dentro da categoria do artigo.

Após escolher as palavras-chave perfeita com o Google AdWords, agora é a vez do Google Trends, ele vai avaliar cada uma dessas palavras e dizer o quanto elas estão sendo e até quando elas vão ser relevantes, os dados são estatísticos e ele podem varias de acordo com os dados de pesquisa do Google AdWords.

Google Trends não foi feito para avalizar palavras-chave integrado ao AdWords, ele foi feito para avaliar tendências, o nome de um famoso, uma notícia que repercutiu o mundo, mesmo assim você pode avaliar as palavras-chave que o AdWords escolheu para você.

O Google Trends é uma segunda opção depois do AdWords se você não estiver satisfeito com os dados apresentando, você pode usar as palavras-chave mesmo assim, pois elas foram elaboradas pelo Google AdWords anteriormente e ele nunca falha certo.

O feed e o verdadeiro organizador de link ativos, tudo o que acontece no seu site ele fica sabendo é tudo que tem na internet os mecanismo de pesquisa rastreia.

O feed é popular por dois motivos, eles copiam um pequeno trecho do seu artigo e ativa um link para conteúdo original, se um leitor não encontrar o artigo pelo link original ele pode encontrar pelo link do feed. O outro motivo é a possibilidade da entrega de e-mail automática, toda vez que você fizer uma publicação o feed vai rastrear e vai enviar para o e-mail do cliente leitor, que se cadastrar para receber as atualizações do site.

Alguns feed permite fazer várias programações, como determinar um horário para ele fazer as entrega de e-mail, criar link para arquivos de áudio e vídeo para podcasts, construir e analisar dados dos e-mail cadastrado. A principal ideia do feed é ativar link alternativos que podem ajudar os usuários a encontrar seu website e fazer entrega via e-mail.

Você sabia que as redes sociais são nossas amigas assim como os grupos e fórum, se sua resposta for não fique sabendo ele está aqui para nos ajudar a alcançar nossos objetivos, as redes sociais funciona como uma rede de seguidores que podem clicar a qualquer momento em nossos link quando compartilhamos um artigo, os grupos e fórum funciona como uma comunidade colaborativa, você compartilha seu conhecimento indicando seu artigo para resolver determinados assuntos e/ou problemas, aumento ainda mais a quantidade de links buildings espalhado pela internet.

Confiar e atribuir esses métodos para ajudar na popularidade do seu site pode fazer uma grande diferença, o sucesso começa por baixo e este é um ótimo jeito de começar.

Conclusão

Essas são algumas das centenas de milhares de otimizações que existem. Criar, publicar, compartilhar pode ser um desafio e tanto. Para atingirmos o sucesso precisamos de novas ideias e experiência, coisas que iremos conquistar de acordo com o tempo.


#Compartilhe