Ultimamente vem aparecendo uma enorme quantia de sites com avisos não agradáveis para os visitantes, entre eles estão os avisos de “malware, phishing e software indesejado”, os tipos de perigos mais comuns encontrados na internet. Porém existem outros avisos e notificações que também podem apresentar riscos ao acessar um site.

Existem vários fatores que podem fazer o navegador gerar esses tipo de alerta, a maioria deles está relacionado com o fato de se usar templates personalizados e/ou gadgets de fontes desconhecidas. Para identificar o código ou a causa do problema, siga cada uma das instruções abaixo. Lembre-se: a nossa intenção é resolver o problema é não deixar o seu site bonito ou elegante!

Dica importante: Recomendo a utilização da navegação anônima, isso vai garantir ainda mais o sucesso de nossos testes. Para usar o Google Chrome no modo anônimo pressione as teclas “Ctrl+Shift+N”, para o Mozilla e Internet Explorer pressione as teclas “Ctrl+Shift+P”.

  1. Antes de fazer qualquer teste diretamente no modelo do site, sugiro que faça uma análise dos código e url do mesmo para identificar possíveis ameaças. Para fazer isso você terá que usar duas ferramentas: a primeira, o Google Safe Browsing Diagnostic e a segunda, o Vírus Total. Ao usar as ferramentas se as mesmas apresentarem alerta de risco, isso significa que ao acessar o site, o navegador também vai estar gerando alerta para os visitantes; se ambas não apresentarem nenhum alerta, sugiro que fale com um amigo, e peça a ele para fazer um teste a fim de ver se o mesmo apresenta mensagem de risco.

  2. Independe da plataforma usada para hospedar o site, todas podem apresentar o problema, por isso o nosso segundo passo é testar diretamente o modelo. A maioria das plataformas têm modelos oficiais desenvolvidos pela equipe do serviço, o que você tem a fazer é migrar o modelo atual para um dos modelos oficiais (faça o backup do modelo atual antes de migrar para um modelo oficial). Após fazer isso você poderá fazer o teste acessando o site através da navegação anônima, ou com as ferramentas de análise indicadas anteriormente.

  3. Se o problema estiver ligado ao template, mas você não quer se desfazer dele, você pode tentar resolver o problema removendo alguns códigos instalados no modelo, os arquivos mais comuns que geram esses tipos de alerta são o javascript e os iframes. Sugiro que remova os elementos um de cada vez e depois faça o teste.

  4. Se o problema persistir, agora temos que fazer os testes nos gadgets. Antes faça o backup de cada um deles, após fazer o backup apague um de cada vez e faça o teste. Como antes use a navegação anônima ou as ferramentas de análise.

  5. Alguns desses avisos não estão relacionados com o modelo ou gadgets do site, em alguns casos pode estar relacionado à empresa que você adquiriu o domínio próprio. Se após fazer todos os testes o mesmo continua com problema, entre em contato com o provedor de domínio para que eles possam fazer uma análise no serviço.

Se o problema for resolvido e nem uma das ferramentas de análise apresentar mensagens de risco, e no resultado de pesquisa de um dos buscadores ainda apresentar alerta, recomendo que aguarde alguns dias para que o mesmo possa verificar automaticamente o seu site. Isso pode demorar até duas semanas.

Esses são os métodos conhecidos e usados para identificar possíveis ameaças em sites, contudo, nem sempre podemos garantir o sucesso para resolver todos os problemas, mas garanto que se você seguiu passo a passo cada uma das informações, você vai encontrar algo que pode lhe ajudar.

Informe um elogio, reclamação, erro ou denúcia!

#Tags: dicas tutorial dev

#compartilhe

Ediano Silva Santos

Fundador do Inside Block; Administrador Geral; Desenvolvedor Web e Criador de Conteúdos.

Apaixonado por tecnologia; Criador dos projetos multicamada.com, insideblock.com e desenvolvedor de Front-End.

Luciana Fabiano

Bacharel em Gestão Ambiental; Técnica em Informática para Internet.

Como integrante da equipe do Inside Block defende um espaço digital com o objetivo de promover a inclusão social digital.