Todo mundo sabe que os celulares fazem ligações e enviam sms, isso é óbvio, é a função deles! Mas será que os usuários estão usando todos os recursos dos smartphones? Nos dispositivos com o Android, existem várias funções que muitos usuários não sabem que existe ou não sabem como funciona.

Para quebrar o gelo, irei mostrar neste artigo algumas funções do Android que talvez você já conheça e talvez não - detalhe, dependendo do fabricante e da versão do Android instalada no smartphone pode ser que algumas funções não estejam disponíveis. Todas as funções apresentadas aqui foram testadas com o Android puro a partir da versão 6.0.1 (Marshmallow).

Sintonizador System UI

O Sintonizador System UI é a função mais oculta dentro do Android, inclusive nós já fizemos aqui mesmo no Inside Block um artigo de como ele pode ser ativado e o que a ferramenta oferece de recurso. A ferramenta nasceu no Android 6 e tem a principal função de ativar a porcentagem de bateria, sem a necessidade do uso de apps de terceiros nos dispositivos com Android puro. Veja o artigo completo em “Qual a função do Sintonizador System UI do Android 6 Marshmallow?

Criptografia de dados

A criptografia de dados não fica oculta no Android, porém ela fica um pouco difícil de ser encontrada e poucos usuários sabem para que ela realmente funciona. Ela tem a função de codificar suas contas, configurações, apps, dados baixados, mídias e outros. Isso faz com que o usuário se sinta mais seguro, obrigado a digitar a senha de descriptografia toda vez que o dispositivo for desligado e ligado.

Para ativar a criptografia de dados siga o caminho em seu dispositivo: Configurações\Segurança, na seção “Codificações” acesse Codificar telefone. Atenção: Antes de iniciar a codificação leia as informações com os pré-requisitos.

Entretanto eu particularmente não recomendo ativar esta função em seu dispositivo, pois a mesma gera lentidão ao usar qualquer outra função do aparelho (não é nada demais, porém fica um pouco lento).

Modo desenvolvedor

O modo desenvolvedor passou a vir oculto já no Android da versão 4.2.2 (Jelly Bean), este recurso permite fazer diversas alterações no sistema, como aumentar ou diminuir a velocidade de animações, monitorar o funcionamento dos apps, ajudar no desenvolvimento de novos aplicativos e recursos do próprio sistema, entre outros.

Para ativar o menu de desenvolvedor acesse as Configurações\Sobre o telefone, na última opção (Número da versão) pressione esta por cinco vezes seguidas ou mais, até que a mensagem “Você agora é um desenvolvedor” seja exibida, volte ao menu anterior e veja que uma nova opção vai estar disponível ({} Programados). Pronto, agora é só explorar o recurso.

Modo de convidado

Assim como os sistemas operacionais para computadores, o Android também fez a aplicação de um novo recurso que possibilita a ativação de um usuário convidado e/ou criar um novo usuário com privilégios de administrador. Para começar a usar a aplicação entre em Configurações\Usuários, agora escolha entre o usuário Convidado ou Adicionar um novo.

Após a ativação do novo recurso é hora de fazer um teste. Bloqueie a tela do dispositivo, posicione o dedo no topo da tela e puche de cima para baixo duas vezes, clique sobre o ícone de usuário ao lado do ícone de configurações (roda dentada), e escolha entre os usuários que você ativou; para voltar ao usuário anterior basta repetir o mesmo processo, posicionando o dedo no topo da tela.

Fixação de tela

A fixação de tela do Android é um tipo de congelamento de tela, você pode travar a tela do celular e impedir que outros usuários mecham em apps ou funções sem sua permissão.

Digamos que um amigo peça o celular emprestado para enviar uma mensagem, você pode congelar o app mensageiro, impedindo que ele use qualquer outro recurso do Android, obrigando-o a digitar uma senha para sair do app congelado. Para saber como ativar este recurso veja o artigo completo em “Acesso Guiado vs Fixação de Tela quem copiou a ideia?

Identificador de música

Você já chegou a ouvir uma música que gosta muito, mas não sabe qual é a banda ou qual o nome da música? Eu acredito que sim, e acredito também que você já chegou a usar algum app para reconhecer tais músicas, como o Shazam ou outro app similar.

O Android tem essa função nativa escondida no sistema operacional, para iniciar o recurso, basta dizer “Ok Google” ou clicar no ícone de microfone no “Google Now”. Quando estiver tocando uma música por perto, veja que no canto inferior esquerdo vai aparecer um ícone de som (nota de música), clique sobre o mesmo e espere que o Google reconheça a música. Dependendo da qualidade do som e do quanto o Google conseguir ouvir a música, ele pode trazer informações mais precisas, como a banda, o nome da música, o ano e o álbum de lançamento, sem contar que ele traz o nome de todos os integrantes (caso seja uma banda).

Jogo oculto do Android

São poucos os usuários que conhecem o “game nativo do Android”, por um lado é até bom, pois o jogo apresenta um nível de dificuldade incrível, e são raros os usuários que se dariam bem ao testar o jogo. Em uma “escala de dificuldade de 0 a 10 eu escolheria 1000”.

Para iniciar o jogo abra as Configurações\Sobre o telefone, na seção “Versão do Android” clique sobre o mesmo cinco vezes ou mais, até que uma nova tela seja exibida, agora clique sobre a logo do Android três vezes, e numa quarta vez aperte e segure até que uma outra tela com botão de player apareça, pronto agora é só iniciar o game.

Agora que você conhece sete novas funções do Android, está na hora de experimentar algumas delas, divirta-se e conte para nós sobre qual delas você mais gostou , e deixe-nos os seus comentários.

Informe um elogio, reclamação, erro ou denúcia!

#Tags: mobile android dicas misc

#compartilhe

Ediano Silva Santos

Fundador do Inside Block; Administrador Geral; Desenvolvedor Web e Criador de Conteúdos.

Apaixonado por tecnologia; Criador dos projetos multicamada.com, insideblock.com e desenvolvedor de Front-End.

Luciana Fabiano

Bacharel em Gestão Ambiental; Técnica em Informática para Internet.

Como integrante da equipe do Inside Block defende um espaço digital com o objetivo de promover a inclusão social digital.